Abrir conta bancária no Brasil

Estrangeiros residentes e não-residentes no Brasil podem abrir conta corrente, poupança e movimentar valores, inclusive câmbio, desde que possuam alguns documentos, como é o caso de CPF e Carteira Nacional de Estrangeiro.

Cada banco poderá adotar critérios específicos de comprovação de renda e moradia. sendo legal cobrar essa documentação na hora da abertura de conta. A melhor maneira de saber todos os documentos necessários é sempre entrar em contato com o banco escolhido pelos canais de atendimento e consultar a lista. Abaixo, seguem orientações gerais do Banco Central do Brasil.

Abrir uma conta de depósito (conta corrente e/ou poupança)

A abertura e a manutenção de conta de depósito pressupõem contrato firmado entre as partes – instituição financeira e cliente. O banco não é obrigado a abrir ou manter conta de depósito para o cidadão. A instituição pode estabelecer critérios próprios para abertura de conta de depósito, desde que seguidos os procedimentos previstos na regulamentação. O cidadão, por sua vez, pode escolher a instituição que lhe apresente as condições mais adequadas para firmar tal contrato.

Para abertura de conta de depósito, é necessário preencher a ficha-proposta de abertura de conta, que é o contrato firmado entre banco e cliente, e apresentar os seguintes documentos:

no caso de pessoa física:
– documento de identificação (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Passaporte, Cédula de Identidade de Estrangeiro, dentre outros);
– inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF);
– comprovante de residência.

Ou seja, para o estrangeiro buscando ter uma conta corrente ou poupança no Brasil é necessário ter CPF cadastrado, ter tirado a Cédula de Identidade de Estrangeiro e ter um comprovante de residência.

Fique atento ao que cada banco solicita. Poderá ser pedido informe de rendimentos (DECORE, Carteira de Trabalho, Imposto de Renda) e outros documentos, variando de banco para banco.

Que informações o banco deve me prestar no ato de abertura da minha conta?

Informações sobre direitos e deveres do correntista e do banco, constantes de contrato, como:

  • condições para fornecimento de cheques;
  • necessidade de comunicação pelo depositante de qualquer mudança dos dados cadastrais e dos documentos usados na abertura da conta;
  • condições para inclusão do nome do depositante no Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundos (CCF);
  • informações de que os cheques liquidados, uma vez microfilmados, poderão ser destruídos;
  • tarifas de serviços, incluindo a informação sobre serviços que não podem ser cobrados;
  • saldo exigido para manutenção da conta, se houver essa exigência.
  • Os deveres e direitos do correntista devem estar previstos em cláusulas explicativas na ficha-proposta.
Quais os cuidados devo tomar antes de abrir uma conta?

Você deve:

  • ler atentamente o contrato de abertura de conta (ficha-proposta);
  • não assinar nenhum documento antes de esclarecer todas as dúvidas, inclusive as referentes a tarifas, juros e outros encargos;
  • solicitar cópia dos documentos que assinou.

Com informações do Banco Central

Leave a Reply